Entrevista.

Abril 20, 2010 in Cultura (Teatro)

Tags: Cultura (Teatro)

A atriz, produtora e diretora Maria Maya é a primeira entrevistada do Blog Jornalismo em Produção. Mais conhecida por seus vários papeis na televisão, entre eles a sambista Sandrinha de “Senhora do Destino” e, recentemente, a estilista Inês, de “Caminho das Índias”, está atualmente em cartaz com duas peças: “A Loba de Ray Ban”, na qual atua com Christiane Torloni e Leonardo Franco, e “PLAY – Sobre Sexo, Mentiras e Videotape”, na qual é responsável também pela produção.Antes de estrear nos palcos cearenses com a peça PLAY, que fica em cartaz no teatro Celina Queiroz, nos dias 23, 24 e 25 deste mês, Maria Maya fala sobre sua trajetória artística, seu amor pelo teatro e seus trabalhos recentes, nessa entrevista gentilmente concedida ao blog. Vale a pena conferir!


Como você apresentaria a Maria Maya?

Uma pessoa simples e corajosa. Capaz de tudo para fazer teatro, respirar teatro, e estar no palco.

Em seu primeiro trabalho na televisão, aos treze anos, você já havia decidido seguir a carreira de atriz?

Como você escolheu sua profissão? Na verdade comecei pelo Teatro, e acabei fazendo o caminho inverso. Aos treze anos tive a minha estréia teatral em “A menina e o Vento”, uma produção musical infantil de muito sucesso comandada pela minha mãe, Cininha de Paula, e minha avó, Lupe Gigliotti. Ali estreava também Heloisa Perissé, Claudia Rodrigues, entre outros artistas consagrados hoje. Logo após vieram as novelas, Cara & Coroa, Salsa e Merengue, a minissérie Hilda Furacão. Mas somente na minissérie “A Muralha”, com 18 anos, eu tive a real certeza das minhas escolhas, e que suportaria as inseguranças da profissão. Daí vieram outra minissérie, novelas, pontas em filmes e agora, muito recentemente, o teatro, novamente. Já estou na minha terceira produção, duas delas indicadas a prêmios e, mesmo com todas as dificuldades, tenho absoluta certeza da importância do fazer teatral, não só como contribuição social, mas como transformação humana.

No início de carreira você sentiu uma cobrança maior por pertencer a uma família de grandes atores e diretores?

A cobrança sempre vai existir. Meus pais nunca interferiram nas minhas escolhas, e sempre me apoiaram. Tive uma educação normal como qualquer criança, só que com a sorte de poder fazer aula de canto, dança, música, teatro, e até análise desde novinha. Fui acostumada a viajar muito e ver a arte pulsando ao redor o tempo todo. Isso me tornou uma pessoa mais curiosa, me fez ser Bacharel em Artes cênicas pela Federal do Rio de Janeiro, me fez querer saber cada vez mais e fazer. A cobrança era minha. De poder ser alguém à altura do que eles me proporcionaram ser.

Você acaba de encerrar uma maratona de apresentações diárias nos palcos paulistanos e já começa a viajar com a peça Play. Apesar do cansaço imenso, estar nos palcos, quase diariamente, te traz a tão sonhada realização profissional?

Gstar no palco é como religião para mim. Um apoio para seus “espasmos” internos, seus medos, sua solidão. E claro, ser feliz. Ser feliz inteiramente. Incondicionalmente. Como posso me cansar disto? Começo agora uma turnê para mais de 20 cidades no Brasil com as duas peças que estavam em São Paulo, a minha produção “PLAY” e “A Loba de Rayban”. Estou ansiosa por este amadurecimento pessoal e profissional.

Após alguns anos atuando você começou a dirigir no teatro. Como surgiu essa oportunidade?Na verdade a minha experiência inicial em direção foi em Shows de música. Mas vivi uma experiência incrível na TV Globo. Fiz Oficina de Direção com o intuito de trabalhar na área musical da empresa e acabei caindo na dramaturgia. Durante quase dois anos fui assistente de direção dos programas “Malhação” e “Sítio do “Pica-pau Amarelo”. Foi muito importante ter uma visão macro da profissão, como as coisas funcionam tecnicamente, as dificuldades de se fazer aquele veículo.

Em “A Loba de Rayban”, releitura de uma peça dos anos 80, sua personagem esta envolvida em um triangulo amoroso e mantém relações com a personagem da atriz Christiane Torloni. Esse trabalho foi mais difícil de fazer?

Todos os trabalhos são difíceis no momento, exigem um grau de comprometimento, de envolvimento e exposição enorme. Dar organicidade a vidas que não nos pertencem é um duelo. Do que eles são e do que você imagina. Em “A Loba…” tive a sorte de estar rodeada por uma “alcatéia” de peso. Um “orquestrador” paciente e sensível que é José Possi Neto, uma parceira de cena generosa e profissional que é Christiane Torloni, e um grande ator e produtor, dono de um teatro, no qual estreei o “PLAY” no Rio de Janeiro, que é o Leonardo Franco. Essa alquimia explica o resultado de “A Loba…”. Uma peça que fala de atores fazendo atores, e que expõem, acima da sexualidade, sua paixão pela arte.
O que faz peça “PLAY – Sobre Sexo, Mentiras e Videotape” ser imperdível?
Aperte que você vai entender.



Jornalista em Produção: Lorena Cardoso

*Agradecimentos: Dany Lugos

Fonte: Jornalismo e Produção.


Postado por Daiane Rodrigues

---------------------x---------------------


Maria Maya: genética e gloss na beleza

Dona de uma pele invejável, a atriz Maria Maya se diz privilegiada por ser descendente de índios e garante que usa apenas gloss para ressaltar a cor dos lábios.
A atriz Maria Maya, que acaba de encerrar a temporada da peça Play, em São Paulo, se diz uma privilegiada pela genética quando o assunto é pele. "Não uso quase nada, pois tenho a sorte de ter uma pele boa, já que sou descendente de índios".Apesar de ser agraciada pela natureza, Maria Maya segue alguns preceitos: nunca lava o rosto com sabonete, usa óleo mineral para retirar resíduos de maquiagem que usa em cena e aplica apenas um hidratante em forma de gel. "Não sou muito fã de maquiagem, geralmente uso por conta da minha profissão", explicou.Fora dos palcos, a atriz e também produtora teatral, prefere usar apenas um gloss de vez em quando para ressaltar a cor dos lábios. "É engraçado que muita gente acha que estou de batom, quando na verdade é o tom natural dos meus lábios. Por isso, uso somente um gloss para dar um brilho".

Fonte: Caras



Postado por Daiane Rodrigues

---------------------x---------------------

Maria Maya
Atriz se entrega ao teatro


Maria Maya tem se dividido em duas nos palcos paulistas. Ou melhor, em três: ela atua e produz “Play” (sua segunda peça como produtora) e é atriz convidada de “A Loba de Ray-Ban”, ambas em cartaz no Teatro Nair Bello. Aos 29 anos, já acumula 16 de carreira, mais de 15 produções televisivas, dois trabalhos no cinema, e três no teatro.

Ela se sente segura com o rumo de sua carreia profissional e não teme mais viver à sombra do talento dos pais Wolf Maya e Cininha de Paula – ou de outro membro da estelar família, que inclui o comediante Chico Anysio. Dos pais herdou o olhar consciente de que a profissão envolve muito mais incertezas do que glamour. Como também a paixão pelo teatro, onde enxerga um universo de possibilidades.
Como é encarar duas peças em cartaz ao mesmo tempo?Estou vivendo um dos melhores momentos da minha vida. Quem da minha geração, neste momento crítico do teatro brasileiro, tem a oportunidade de estar em cartaz de terça a domingo? É realmente um presente. Não conheço ninguém da minha idade que tenha tido essa oportunidade de viver o teatro à moda antiga.
Só um dia de descanso na semana? Como concilia as atividades profissionais com a vida pessoal?Tenho folga nas segundas-feiras, mas sendo produtora a gente nunca descansa. Aproveito esse momento livre para resolver a produção de “Play”, levantar a peça, organizar a vinda dos atores e o bem-estar de todos. Só mesmo com muito amor para se aventurar nesta maratona. Dizem que quanto mais atividades você faz, mais tempo se tem. No teatro é assim: ele te consome, mas enaltece também. Vou me alimentando do teatro e tenho mais força pra correr atrás do que é preciso para que “Play” se estabeleça da melhor forma possível em São Paulo. Até porque viemos do Rio de Janeiro de uma temporada de sucesso de público e crítica. Tinha essa obrigação de ter uma boa experiência na capital paulista também.
Ser produtora mudou sua visão de atriz?Com certeza. Quando somos somente ator, a gente fica muito fechada no universo do personagem, da criação. É um exercício individual, apesar de acreditar que o teatro só se estabelece no coletivo. Cada um tem seu caminho para se chegar a um papel. Quando produz a montagem, você tem uma visão macro do projeto: está preocupado não só com o que você está dizendo, mas com o que o grupo está falando, se aquele texto será bem recebido, se o local afina com o que propõe. É um diálogo maior.
Não consegue mais se ver longe da produção?Ao produzir, temos a possibilidade de trabalhar com quem admiramos, com o texto que tivermos vontade de dizer. O ator tem essa ansiedade da palavra. “Play”, na ideia original, era para ser uma adaptação do filme, mas não consegui os direitos. Trouxe então Rodrigo Nogueira, um jovem dramaturgo que se inspirou nessa história. E assim vamos encontrando caminhos para fazer o que sonhamos.
Tanto a história de “Play” como a de “Loba de Ray-Ban” marcaram o fim dos anos 80. O que fazia Maria Maya nesta época?

Eu nasci em 1981 e tinha apenas 8 para 9 anos. Como sou filha de artistas, tive a oportunidade de estar presente no palco desde novinha; acompanhava espetáculos que marcaram a história. De alguma forma estava sendo alimentada pelo teatro. E o mais engraçado é que, na época, eu não queria ser atriz: aspirava me tornar administradora de empresa, para cuidar do dinheiro da família. Eu assistia ao sofrimento dos meus pais para produzir teatro numa época em que não existia essa coisa de leis e patrocínio. As pessoas se endividavam, vendiam o carro para levantar seus projetos. Eles davam o sangue, a alma por amor ao teatro. E isso eu guardei em mim.
Após as temporadas paulistas...Em abril maio e junho, “Loba de Ray-Ban” e “Play” farão turnê pelo país juntas. Vai ser ótimo conhecer outras cidades. Em julho, “Loba” entra em temporada do Rio de Janeiro.

Postado por Daiane Rodrigues

---------------------x---------------------


Vestido de Maria Maya tem babadinhos na barra.

07/04/2010
É delicado e ao mesmo tempo sexy o vestido que a atriz Maria Maya usou, no Rio de Janeiro, durante entrega de um prêmio de teatro. Repare que o modelo pretinho ganha nova vida com as cinco camadas de babados aplicadas à barra, nos tons preto, cinza e prata. Funcionou muito bem, aprovada!
(Por Carol Hungria)

Fonte: Editora Abril

Postado por Daiane Rodrigues

28 comentários:

  1. ela é uma fofa mesmoooo!! parabéns pelo blog está lindo. bjobjo gêmulaaaas

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!
    Como está lindo aquii¬¬
    Meninas Parabéns \o/\o>
    Adorei ela na peça A loba de ray-ban, pena que não podi ver a peça Play, espero que volte para São Paulo!

    Beijoos

    Jêeeh!¬¬

    ResponderExcluir
  3. Tias está lindo o blog que vc e a deise fez para a maria maya.
    Como vcs falam, use lambuse garota to aqui pra isso te amo e os ratos que se F.... Vcs Tias não
    para de fala está frase,que eu até decorei. kkkk.

    Beijos amo vcs!

    ResponderExcluir
  4. Ella ser maior de linda :D !! ♥

    ResponderExcluir
  5. Ella é Linda,taa Perfeitoo o Floog de vocêeis :D ♥

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Deise e Daiane!
    o blog ta linduuu
    vcs sao d mais e ela tbm, ta linda
    aiaiai eu vi ela na minha frente!!!
    lindas!
    amo vcs xD

    ResponderExcluir
  7. Kii lindoooo!
    adoooroo... tudu muuito maraaa!
    liindas as suas fotos Maria...cada vez mais perfeitaaa...admiro muito a sua personalidadee e parabéns pelo seu sucesso e pelos ótimos trabalhos q desempenha na TV... graaandes Beeijoos...

    ResponderExcluir
  8. Onnnn ela é linda nehh =D

    taa lindoo o blog meninas ameii !

    PARABÉNSS pelo trabalhoo linda a Maria e vcss Onn ameii TUDO

    ResponderExcluir
  9. Lindu o Blog, PARABÉNS, meus amores...

    ResponderExcluir
  10. aaaa elaa é linda msm uma fofa sempre atende agente com oo maiorcarinho neh haha
    beijos*

    ResponderExcluir
  11. Acho ela chique meu bem!!!

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelo carinho meninas. Vcs são maravilhosas! duplamente, triplamente, quadruplamente e por aí vai....
    Beijos em todos os seguidores.assim que tiver novidades, posto aqui no Blog. Bjosssss

    ResponderExcluir
  13. Maria Maya vc que é linda MARAVILHOSA ! onn um bj em vc também lindaa .Poste as novidades mesmo estaresmos esperando bjss linda

    ResponderExcluir
  14. aaahhhhh meninas esta lindoooo parabens..

    tanto amor neh??

    amo vcs a cada dia q passa muito mais..bjossssss

    e ficou sensacional ta lindo mesmo

    ResponderExcluir
  15. Adorei o blog , ja sei ate um pouquinho da vida da Maria , rs ... Bjinhus ;***

    ResponderExcluir
  16. Florzinhas do meu coração, o blog está lindo meus parabêns vcs arrasam sempre neh rsrsr amo demais.

    beijos
    se cuidem

    ResponderExcluir
  17. nossa,meninas que maximo o blog esta duplAmente maravilhoso rsrsr paraben deise e daiane,masravilhosooo

    ResponderExcluir
  18. Oh que lindo esta o blog, meninas que este blog cresce e seja bem visitado, adoro a Maria ela como Ines foi ilario!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Ta lindooo... ameii... Beijoos Thamy sz

    ResponderExcluir
  20. Tá demais, gosteii. beeijo

    ResponderExcluir
  21. Genteee obrigada pelos recadinhos...

    Maria é um pessoa encatadora, adoro ela demaiiis... :D

    Espero que este blog cresça ;D
    Vocês são demaiis..


    Beijos
    Daiane

    ResponderExcluir
  22. O blog ta lindo!!
    De um bom gosto, td mto, mto legal!!!
    Parabéns;]]
    Ah e quem visita aqui ta esperando o que pra entrar aqui??rsrs
    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=740207

    ResponderExcluir
  23. Géssyka Galvão!
    ow essas menina são um amor msm.. q lindas!
    meninas parabéns!
    o blog ficou muitoo lindo... =)
    bjokas!
    adollo vcs!

    ResponderExcluir
  24. Ficou maravilhoso!! A altura da atriz maravilhosa que é a Maria Maya que eu sou fã a muito tempo. Bjs. e parabéns!!

    ResponderExcluir
  25. Aí vai a Agenda Atualizada das Viagens de PLAY pelo Brasil:

    30/4, 1 e 2/5 - Vitória/ ES - Teatro SESI

    13/5 - João Pessoa/ PB - Teatro Sta Roza

    14, 15 e 16/5 - Natal/ RN - Teatro Alberto Maranhão

    de 29/5 a 16/6 - Circuito SESC Rio Grande do Sul:

    30 e 31/5 - Porto Alegre/ RS

    02/6 - Farroupilha/ RS

    04/6 - Caxias do Sul/ RS

    06/6 - Ijuí/ RS

    08/6 - Santo Angelo/ RS

    09/6 - Santa Rosa/ RS

    12/6 - Santa Cruz do Sul/ RS

    13/6 - Pelotas/ RS

    15/6 - Taquara/ RS

    23 e 24/6 Volta Redonda/ RJ - Teatro Municipal

    25/6 - Juiz de Fora/ MG

    3 e 4/7 - Santos/ SP - Coliseu

    23, 24 e 25/7 Caraguatatuba/ SP

    de 6 a 29/8 - Campinas/ SP (sextas, sábados e domingos) - Teatro Parque D. Pedro

    1, 2 e 3/10 - Belo Horizonte/ MG

    5/10 - Ipatinga/ MG

    6/10 - Nova Lima/ MG

    Bjs Grandes e Compareçam!!!

    ResponderExcluir